Blog do JefersonJS

Procura provas de um crime? Procure no Google

Posted on: 01/20/2009

google

Você sabia que os resultados de busca do Google podem ser usados como evidências para solucionar crimes? Em uma investigação criminal, se a polícia já possuir um mandato de busca, esse “achado” pode ser uma ótima prova.

Um exemplo disso é o caso de Lee Harbert, um banqueiro de Oakland, na Califórnia, que em 2005 fugiu da cena do acidente no qual ele bateu seu carro provocando vítimas e, por isso, foi condenado a três anos de prisão. Fora o fato de um brinco feminino ter sido encontrado entre o capô e o pára-brisas do veículo de Harbert, a polícia também encontrou no computador, durante a busca na casa do banqueiro, outra evidência que o incriminaria.

Seus resultados de buscas no Google, realizados poucos dias antes do acidente, traziam termos como “bater e fugir” e “aplicações da lei”, evidência suficiente para ajudar a condenar Harbert de uma vez por todas.

Mas como será que é feita essa entrega de evidências pelo Google? Será que todos os resultados ficam guardados no histórico do buscador? Bom, fato é que o Google sabe tudo, ou quase tudo, sobre as nossas vidas.

  • Fonte: Olhar Digital
Anúncios
Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

RSS Noticia do Delette.NET

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Twittada

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Categorias

Arquivos

Visitas

site statistics PageRank

Estatistica

  • 231,668 Visitas desde 25/07/2008. Obrigado!
%d blogueiros gostam disto: